Na disputa pela presidência da seccional tocantinense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) com a chapa “OAB Independente”, Gedeon Pitaluga propôs a implantação do programa denominado “Anuidade Zero”, caso seja eleito. Segundo o candidato, o sistema funcionará por meio de um aplicativo de cashback [dinheiro de volta].

A proposta é que a cada compra feita nos estabelecimentos conveniados pelo aplicativo, o advogado e a advogada acumulam pontos, que podem ser trocados por descontos na anuidade. Esses descontos podem chegar a totalidade do valor da taxa da anuidade da OAB Tocantins.

Gedeon Pitaluga destaca que o programa Anuidade Zero não é uma proposta de isenção e não gera frustração de receita. Trata-se de um programa já aplicado em seccionais de outros Estados em forma de parceria com empresas privadas.

“A anuidade da OAB Tocantins é uma das mais caras do país. Isso onera principalmente os jovens advogados que estão no início de suas carreiras e passando por dificuldades por não terem se estabelecido na profissão ainda. O programa é um benefício direto para o advogado, que pode reduzir o valor da sua anuidade de forma simples e fácil, com o consumo que faz no dia a dia”, garantiu.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario